O Magnificat

Salve Regina

O Magnificat é um canto de louvor de Maria a Deus. É um verdadeiro mosaico de citações ou alusões bíblicas. Este canto descreve a realização  e a superação do Antigo Testamento, evidenciando que a obra redentora, isto é, o plano de salvação concretizado em Jesus Cristo não é algo novo, mas uma continuação e ápice do mesmo, que, segundo Lucas, inicia-se em Abraão, o pai do povo eleito.

   A questão da humildade ganha peso neste maravilhoso canto. Maria não canta somente sua exaltação, mas também a dos humildes (todos).  Cheia do Espírito Santo, ela exalta sua maternidade, sinalizando que Deus olha para ela, e este "Olhar" se estende para todas as gerações.  Este louvor de Maria é seguido de um louvor universal, de toda a humanidade. A condescendência de Deus para com Maria, humilde serva, é estendida a todos os pobres e humildes.

   Vejamos, mais uma vez, equivalência de trechos do canto com várias frases do Antigo Testamento:

TEXTO DO CANTO

TEXTOS DO ANTIGO TESTAMENTO

46 – A minh’alma engrandece o Senhor

1Sm 2,1 – Meu coração glorifica Javé

47 – e meu espírito exulta em Deus, meu Salvador

1Sm 2,1 – Eu me regozijo em tua salvação

48 – porque olhou para a humildade de sua serva

1Sm 1,11 – Se olhardes para a pobreza de vossa serva

48b – Sim, doravante as gerações todas me chamarão de bem-aventurada

Ml 3,12 – E vos chamarão ditosas todas as nações

49 – pois o Todo Poderoso fez grandes coisas por mim. O seu nome é santo.

Sl 110,9(111) – O Senhor fez por nós grandes coisas. Santo é seu nome.

50 – e sua misericórdia se estende de geração em geração para aqueles que o temem…

Sl 102,17(103) – A misericórdia do Senhor é eterna para os que o temem e sua justiça se estende de geração em geração.

51 – Agiu com a força de seu braço, dispersou os homens de coração orgulhoso

Sl 88,11(89) – Tu esmagaste os soberbos e com a força de teu braço dispersaste teus inimigos

52 – Depôs os poderosos de seus tronos e elevou os humildes

Ecl 10,14ss – O Senhor derruba os tronos dos príncipes e coloca os humildes em seu lugar (Cf. 1Sm 2,7-8; Jó 12,19)

53 – Cumulou de bens os famintos e despediu ricos de mãos vazias

Sl 106,9(107) – Saciou de bens os famintos
1Sm 2,5 – Os ricos têm fome e mendigam

54 – Socorreu Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia

Is 41,8 – Mas tu, Israel, meu servo, que escolhi
Sl 97,3(98) – recordando-se de sua misericórdia

55 – conforme prometera a nossos pais em favor de Abraão e de sua descendência para sempre

Sl 97,3(98) – em favor da casa de Israel
Mq 7,20 – como juraste a nossos pais, desde os tempos antigos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s