o dragão vermelho

Fonte: Ecclesia Una

[Iniciamos hoje uma série de postagen sobre "as mensagens de Nossa Senhora ao Padre Gobbi". São três mensagens: uma falando sobre o dragão vermelho, outra sobre a Besta como um Leopardo e, outra, por sua vez, como a Besta em forma de cordeiro. São mensagens muito importantes para analisarmos nos dias de hoje; profecias que nos induzem à constante oração. Há a constante necessidade de orarmos. Oremos, pois, pela conversão do mundo inteiro e que o trabalho de Maria seja conservado em plena comunhão com Deus.]

Mensagem de Nossa Senhora ao Padre Gobbi

Festa de Pentecostes, 14 de maio de 1989 no Santuário de Tindari, Sicília, Itália.

Amados filhos, hoje vocês adoram e apelam ao Espírito Santo, descido no Pentecostes sobre os apóstolos e discípulos, reunidos comigo no Cenáculo de Jerusalém. Vocês estão apelando a Ele novamente nestes seus tempos, com confiança e perseverança, reunidos comigo nos cenáculos de oração, que agora se espalha em todas as partes da terra.

Com o meu Movimento Mariano dos Sacerdotes, eu estou hoje convidando todos os filhos da Igreja a se reunirem num cenáculo contínuo da oração comigo, sua Mãe celeste. Eu convido todos os bispos, os sacerdotes, os religiosos e os fiéis.

O meu Coração Imaculado é o lugar deste cenáculo novo, espiritual e universal. Vocês devem penetrar nele através do seu ato de consagração, que compromete-os a Mim para sempre, de tal modo que Eu possa unir a minha voz às suas vozes para apelar à Igreja e a toda a humanidade o Dom do segundo Pentecostes.

Apenas o Espírito do Senhor pode devolver à humanidade a perfeita glorificação de Deus. Apenas o Espírito do Senhor pode renovar a Igreja com o esplendor da sua unidade e santidade. Apenas o Espírito do Senhor pode vencer o poder e a força vitoriosa do grande Dragão Vermelho, que neste século de vocês, se espalhou por todo lugar, de uma maneira ousada, para seduzir e fascinar toda a humanidade.

dragao-vermelho

O Grande Dragão Vermelho é o comunismo ateísta que espalhou por todo lugar o erro da negação e rejeição obstinada de Deus. O grande Dragão Vermelho é o ateísmo Marxista, que aparece com dez chifres, a saber, com o poder de seus meios de comunicação, a fim de levar a humanidade a desobedecer aos dez mandamentos de Deus, e com sete cabeças, sobre as quais há uma coroa, denotando sinal de autoridade e realeza. As cabeças coroadas indicam as nações nas quais o comunismo ateísta está estabelecido e rege com a força do seu poder ideológico, político e militar.

A grandeza do Dragão claramente manifesta a vastidão do território ocupado pelo reino inconteste do comunismo ateísta. A sua cor é vermelha porque ele usa guerras e sangue como instrumentos das suas conquistas numerosas.

O grande Dragão Vermelho tem conseguido durante estes anos conquistar a humanidade com o erro do ateísmo teórico e prático, que agora tem seduzido todas as nações da terra. Ela assim tem conseguido construir para si, uma nova civilização sem Deus, materialista, egoísta, hedonista, árida e fria, que carrega consigo os sementes da corrupção e morte.

O grande Dragão Vermelho tem a tarefa diabólica de retirar toda a humanidade do Domínio de Deus, da glorificação da Santíssima Trindade, de toda a realização do plano do Pai que, por meio do Filho, criou-a para a Sua glória.

O Senhor me revestiu com a Sua luz e o Espírito Santo com o Seu poder divino, e assim eu venho como um grande sinal no céu, uma Mulher Vestida com o Sol, pois eu tenho a tarefa de retirar a humanidade do domínio do grande Dragão Vermelho e trazê-la toda de volta à perfeita glorificação da Santíssima Trindade.

Para isso, eu tenho formado para mim o exército dos meus filhos pequeninos, em todas as partes do mundo, e eu estou pedindo-lhes para que se consagrem ao Meu Coração Imaculado. Assim eu estarei levando-os a viver somente para a glória de Deus, por meio da fé e caridade, e eu mesma estarei cultivando-os carinhosamente no meu jardim celeste.

Assim, a cada dia, eu me apresento diante do trono do meu Senhor, em ato de profunda adoração, e abro a porta dourada do meu Coração Imaculado, e ofereço nos meus braços todos estes meus filhinhos enquanto digo: ‘Santíssima e Digníssima Trindade, no momento em que Vós sois negados universalmente, eu Vos apresento a homenagem da minha reparação materna, por meio destes meus pequeninos que eu formo a cada dia para a vossa maior glorificação.’

Assim, hoje, novamente, das bocas das crianças e da amamentação, o Senhor recebe seu perfeito louvor.

http://beinbetter.wordpress.com/2009/05/03/o-dragao-vermelho/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s