Explicação para algumas invocações à Santíssima Virgem Maria

Tudo em Nossa Senhora conduz-nos a Seu divino Filho, e por meio Dele, à Santíssima Trindade, que é nosso fim último.

Quando não entende-se o real papel de Maria como colaboradora de nossa salvação pessoal, bem como da salvação universal, acha-se que a colocamos no lugar de Cristo. É verdade, Cristo é o ÚNICO Caminho, Verdade e Vida que nos conduz ao PAI, mas as vezes, por nosso descuido, nos perdemos do caminho e precisamos de setas que nos direcionem a voltar para o rumo certo, outras vezes nos enganamos sobre a verdade, escolhendo ilusões que nos abstraem, e necessitamos de uma voz que nos questione, ou mesmo estamos mortos e precisamos de uma mão que nos traga novamente a esperança da vida.

Este auxilio favorável é Maria. Ela não fica conosco, retidos, oh não! Imediatamente Ele nos leva ao Filho. Se Jesus é o Caminho para o Pai, Maria é o caminho até Jesus.

Ora, o próprio Deus traçou este intinerário: DO PAI —-> NOS VEIO O FILHO—-> NASCIDO NO VENTRE DE MARIA—-> QUE VEIO A NÓS. É de se supor que tal estrada feita pelo Filho, vindo do Eterno Pai, seja aquela que devemos fazer ao contrário: NÓS—>INDO POR MARIA—>ATÉ JESUS E POR MEIO DELE–> NOS UNIMOS AO PAI!

Como nos diz São Luis Maria Grinon de Montfort, amar Maria é imitar Jesus, que a amou como nenhum filho jamais soube amar sua mãe, visto que Jesus, sendo Deus, a amava com toda a potencia que um Deus é capaz de amar. Se nós, tão pecadores e limitados em nosso amor, temos tamanho carinho por nossa mãe, da qual chamamos dos mais carinhosos e ternos nomes, o que se dirá de Jesus, o Deus-Amor, como não terá Ele amado sua Mãe? Por mais que tentemos, nunca amaremos Maria como Jesus a amou! Se dizemos que Deus tem um amor especial por cada um de nós, como não terá sido o amor especial de DEUS-FILHO por sua Mãe!

Louvar Maria não diminui quem Deus é, pelo contrário! Imaginemos um artista que esforçou-se por fazer uma obra-prima, e quando esta é exposta no Museu, todos ao contemplá-la ficam extupefactos diante da sua beleza, e começam a exclamar: Que obra magnífica! Belíssima! Perfeita! etc…Acado tal louvor a obra diminui ou aumenta o artista que a fez? Maria é a Obra- prima de Deus, e tudo o que a Nela engrandece quem Deus é.

A graça das graças, de onde vem todos os privilégios de Maria, é ser Mãe de Deus feito Homem. Pelas prerrogativas do Filho, advêm todas as graças da Mãe, pois se conhece a árvore pelo fruto, e Jesus sendo o BENTIDO FRUTO, qual árvore não será Maria Santíssima? Sim, Ela é a bendita árvore que nos deu o bendito Fruto da nossa Salvação: JESUS! De ser Mãe de Deus, Maria é invocada sob diversos aspectos, por isso vamos colocar aqui alguns sgnificados de invocações que são dirigidas à Maria:

ESPELHO DE JUSTIÇA: Justiça aqui entende-se em seu sentido mais amplo de santidade. Nossa Senhora é chamada assim porque Ela é um espelho da perfeição cristã. Toda perfeição se pode admirar Nela, da mesma forma que a luz do sol é refletida num espelho. Jesus é o SOL que é refletido perfeitamente por Sua Mãe Santíssima.

SEDE DA SABEDORIA: Nosso Senhor Jesus Cristo é a Sabedoria, pois sendo Deus, tudo sabe e tudo conhece. Ora, Nossa Senhora durante nove meses encerrou em seu ventre o Divino Filho, a Sabedoria do Pai, que nem o Universo pôde conter.Ela foi portanto a sede da Sabedoria, e continua a sê-lo, pois Nela encontramos infalivelmente a Nosso Senhor.

CAUSA DE NOSSA ALEGRIA: A alegria verdadeira não está somente no riso. Ás vezes, existem pessoas que mesmo rindo demasiadamente não são felizes. A maior alegria que uma pessoa pode ter é salvar-se e estar eternamente com Deus. Ora, antes da vinda de Nosso Senhor, o céu estava fechado para nós, ou seja, não tínhamos acesso a verdadeira felicidade. Foi o sacrifício do Calvário que nos reconciliou com Deus e nos abriu o céu e a verdadeira alegria novamente. Como foi por meio do sim de Maria que o Redentor veio a Terra, Maria Santissima é portanto causa de nossa maior alegria.

VASO ESPIRITUAL: Nada tem mais valor do que a verdadeira Fé. Na Paixão e Morte de Nosso Senhor, quando até mesmo os Apóstolos fugiram, duvidaram e o trairam, foi Nossa Senhora quem recolheu e guardou, como num vaso sagrado, o insigne Tesouro da Fé em Jesus.

VASO HONORÍFICO: Em nosso tempo, a honra quase não é considerada. Pelo contrário, muitas vezes a falta de caratér é louvada como virtude. Mas a honra vale muito aos olhos de Deus. Nossa Senhora guardou cuidadosamente todas as graças que recebeu de Deus, e manteve a honra do gênero humano decaído. Se não tivesse existido Nossa Senhora, ficaria faltando na criação quem representasse a perfeição da criatura, feita por Deus sua imagem e semelhança, fiel até o extremo heroísmo.

VASO INSGNE DE DEVOÇÃO: Devoto quer dizer dedicado a Deus.A criatura que mais dedicou-se e viveu em função de Deus foi Nossa Senhora, tendo-o feito de forma tal, que nunca existiu nem nunca existirá quem o faça como Ela.

ROSA MÍSTICA: A rosa é a rainha das flores. É aquela que possui de forma mais definida e esplêndida tudo quanto caracteriza uma flor. Igualmente, Nossa Senhora, no campo da vida espiritual ou mística, possui de forma mais esplendorosa tudo o que caracterisa a perfeição espiritual.

TORRE DE DAVI: Lemos na Sagrada Escritura que o Rei Davi tomou a fortaleza de Jerusalém dos Jebuseus e edificou a cidade em torno dela. Naturalmente o Rei Davi fortificou a cidade para que esta ficasse inexpugnável, a dotou de forte guarnição. A Igreja Católica é a Nova Jerusálem, e nela temos uma torre ou fortaleza que nenhum inimigo pode invadir ou destruir, que é Nossa Senhora. Ela constitui nosso ponto de maior resistencia e melhor defesa contra os ataques do inimigo da nossa salvação.Por isso nesta invocação honramos a Nossa Senhora, reconhecendo que nunca houve, nem nunca haverá quem melhor defenda os fieis e defenda a honra de Deus que Ela.

TORRE DE MARFIM: O marfim é um material que tem características raras na natureza. Ele é ao mesmo tempo muito forte e muito claro. Igualmente Nossa Senhora é muito forte espiritualmente, a maior inimiga dos inimigos de Deus, e de uma pureza alvíssima. Assim Ela contraria a ideia falsa de que as coisas de Deus são puras mas fracas, e as coisas impuras do mundo são fortes. Fortaleza, doçura e pureza encontram-se nesta criatura que é reflexo da Força e Pureza de Deus.

CASA DE OURO: O ouro é o mais precioso dos metais. Por isso quando desejamos dar algo de inestimável valor, a oferecemos em ouro- uma medalga de ouro numa competição, por exemplo. Se Deus quisesse habitar numa casa, a teriamos que fazer de uma forma inestimável, logo na terra o que mais teria dignidade seria o ouro. Mas o próprio Deus escolheu para si Maria, que tornou-se a Casa de ouro que acolheu o Salvador em seu ventre.

ARCA DA ALIANÇA: No Antigo Testamento, na arca da aliança ficavam guardadas as tábuas da Lei dadas por Deus a Moisés e  um punhado de maná dado milagrosamente ao povo no deserto.Por isso lembrava as promessas e a proteção de Deus. Nossa Senhora é, no Novo Testamento, a Arca da Aliança, que trouxe em Si a Salvação e o Maná do Céu, Jesus Cristo, e é por assim dizer aquela que proteje o povo eleito e lembra as infinitas misericórdias de Deus para conosco.

PORTA DO CÉU: Nossa Senhora é invocada desse modo, pois foi por meio Dela que o Céu, Jesus Cristo, veio à Terra, e é por meio Dela que nos vêm todas as graças, visto que a graça das graças que é o próprio Cristo, nos veio por seu intermédio. Então através desta Porta nós temos acesso as graças que nos levam ao Céu. Assim ela favorece nossa entrada na Eterna Morada como uma porta favorece a nossa entrada num local.

ESTRELA DA MANHÃ: Pouco antes do nascer do Sol, quando a escuridão é maior e antes de clarear, aparece no horizonte uma estrela de maior claridade. Depois, quando as outras estrelas desaparecem sob a claridade da aurora, ela ainda permanece. Assim foi Nossa Senhora, pois seu nascimento significou que logo nasceria para o mundo o SOL DA JUSTIÇA, que é Jesus. E quando a Fé se perdia na escuridão até entre o povo eleito, Ela continuava a esperar e acreditar.Ela é modelo de perseverança na Fé e anúncio da Luz que virá.

Temos assim, resumidadmente o significado de algumas invocações a Nossa Mãe do Céu. Que elas ajudem a que você ame ainda mais nossa mãezinha. Termino com a famosa oração de São Bernado a Virgem Maria:

Lembrai-vos, ó piíssima Virgem Maria, que jamais se ouviu dizer que algum daqueles que tem recorrido a vossa protecção, implorando o vosso auxílio, e reclamando o vosso socorro, fosse por vós desamparado. Animado, pois, com igual confiança, ó Virgem das virgens, como à Mãe recorro e de vós me valho e, gemendo sob o peso dos meus pecados, me prostro a vossos pés; não desprezeis as minhas súplicas, ó Mãe do Filho de Deus, mas dignai-vos de as ouvir propícia e me alcançar o que vos rogo. À vossa protecção recorremos, Santa Mãe de Deus, não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita. Amém.

 

Fonte:http://filhosdamisericordia.blogspot.com/2011/04/explicacao-para-algumas-invocacoes.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s